sábado, 17 de março de 2012

Quero meu amor de volta, como faz?

Por Victor Augusto de Souza.

 

Olá lobo amigo! Quanto tempo não é mesmo?
Acredito que uma parada as vezes seja necessária para que os conhecimentos anteriores sejam melhores assimilados. E por falar em assimilar, inicio um post que com certeza chamará a atenção de muitos. A intenção dele não é ser polêmico e sim o de esclarecimento e -como não sou de ferro- para matarmos a saudade um do outro.

Este post será o de abertura da sequência de mais 4 posts, o nome deste especial será exatamente este:
Quero meu amor de volta, como faz?

Me proponho a fazer algo que considero difícil, mas tenho esperança e torço para conseguir. Meu desejo é mudar o conceito das pessoas quando fazem magias amorosas, ao invés de se focalizar no exterior, focarem-se no interior.
Por esta razão o nome do especial possui a palavra "meu amor", pois, antes de mais nada devemos nos amar, nos termos como namorados e principalmente,
sermos nossos melhores companheiros.


Aguardo por seu comentário!
Vou ser mais cruel que a Loba Sandrini e vou fazer um sério aviso: Aquele que não comentar, terá seu nome depositado na caixinha negra do Tio Victor...

PARA DE ENROLAR E FALA O QUE REALMENTE É UMA AMARRAÇÃO!

É muito engraçado, se não chega a ser cômico como as pessoas gostam de colocar fantasias sobre diversos temas, como não poderia deixar de ser, amarração é uma destas vítimas, a falta de informação é tamanha que falar de amarração se tornou banal, quando está todo mundo bem, dizem que é errado fazer, mas, quando o bicho pega...
Se estudarmos um pouco mais, este tema tão interessante da magia veremos que se você souber manipular o que as pessoas passam como "amarração" verá que alterando seu pedido e sua forma de pensar, poderá fazer um maravilhoso feitiço de harmonia do casal ou de estabilidade, ao invés de manipular a pessoa você estará colocando seu amor em prática.

Não sei se é uma rebeldia minha, mas, não gosto de tudo o que tende a causar medo nas pessoas, porque querendo ou não, este medo ou o receio de estar fazendo algo errado transforma uma simples coisa em algo pior, quiçá, em um grande problema.
Para definirmos uma amarração devemos entender que ela dentro da Magia é dividida, basicamente, em dois tipos, a saber:


  1. Amarração Amorosa- Da qual nos ateremos mais neste post, ela ocorre quando você faz uso de forças não compreendidas da natureza para unir duas pessoas, seja por livre-arbítrio ou não.
  2. Amarrações Generalizadas- Um ramo pouco estudo é o de amarrações para outros fins, podendo ser usada nas mais diversas situações, como por exemplo a concretização de um desejo seu.
    Na Alta Magia são conhecidas como ligaduras.
Em suma, a amarração amorosa é um processo energético onde você une "sentimentalmente" duas pessoas, isso pode ocorrer por meio da estabilização da energia do casal, ou seja, os dois ficam no mesmo patamar energético. Com o uso de entidades ou forças que unem a energia do casal ou mesmo com a manipulação da pessoa.

MAS ELE TEM QUE VOLTAR PARA MIM! É ERRADO EU FAZER UMA AMARRAÇÃO?


Depende do seu ponto de vista, sejamos sinceros, quando estamos com dor no coração não existe certo nem errado, o que existe é o nosso desejo de estar do lado de quem verdadeiramente queremos.
Porém, acredito que as pessoas não enxergam que existem outras soluções mágicas mais inteligentes a se fazer do que uma amarração. O motivo de escrever este post é exatamente isso: Mostrar que há outros caminhos para se ter harmonia em um relacionamento, sem precisar gerar karma.


Sim, amarração gera karma. Sim, se você fizer irá pagar de alguma forma. E não, não vale a pena.

Eu acredito que o Universo é sábio em suas escolhas, se seu amor foi embora é porque alguma atitude da sua parte ou da dele estava em desequilíbrio, antes de ir fazer uma amarração pondere o fato e tente entender o que gerou este término, faça uma análise profunda detectando o que causou este problema e por fim, use a magia para reverter este problema em uma solução.
Essa é uma grande chave de transformação, nos casos de pessoas que fizeram amarrações para seus companheiros, verifiquei que depois de certo tempo ela precisava ser refeita, por que?
Porque o problema que causou o afastamento não foi solucionado.
É o mesmo que você ter uma dor de cabeça causada por um tumor e tomar apenas dorflex para tirar a dor de cabeça. Ela até pode sumir, mas o problema continuará lá...

MAS ELE NEM OLHA PARA MIM! 
ACHO QUE VOU AMARRÁ-LO...
 

Há alguns casos onde a amarração amorosa é utilizada para pessoas que nunca tiveram nenhum contato amoroso e não há possibilidade para isso. Um dos lados faz amarração e força a pessoa a sentir algo por ela.
Nestes casos, mais uma vez afirmo, existem outros caminhos para se chegar ao que você deseja. Ao invés de se focalizar no seu exterior, querendo manipular os outros, faça a via inversa e manipule-se!

Torne-se mais sensual, mais inteligente, faça limpezas espirituais para seus caminhos amorosos e caso aquela pessoa em especial continue a ficar em sua mente, faça um ritual pedindo para que se for para o BEM de ambos este relacionamento aconteça, caso contrário, que a verdade se mostre.
Te falo por experiência própria, eu (sim, este lobo que vos escreve) ficou insistindo em um futuro relacionamento que não levaria a nada, até que tomei vergonha na cara e pedi para saber a verdade da razão que este relacionamento não andava. Em menos de uma semana tive todas as respostas que gostaria e a busca incansável por algo que não me traria bem, deu lugar ao aprendizado.

E finalmente confie que o melhor do Universo é reservado a você!


Poxa, me empolguei para falar, mas espero não ter sido cansativo!
Este primeiro post foi apenas a explicação que darão base para os próximos, onde entraremos com a prática!

Torço por sua fiel companhia nos próximos dias!

Um uivo especial a todos,
Shalom!

PS: Todos os títulos foram frases que vivo escutando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário