quarta-feira, 21 de março de 2012

Cigana Curandeira

Por Fernando Coelho E Sandrini
 

Olá membros do Alcateia, como foi passar a semana na presença da cigana Samara? A rosa que você ganhou já secou né? Isso nos fez lembrar de uma lenda cigana, que será contada em volta da fogueira, então pode se sentar, e para não virarmos alcoólatra, tomaremos um chá, e você pode escolher o sabor.


A muito tempo atrás, nasceu uma cigana que chamaram de Luma, esta nasceu prematura. Por causa da dificuldade do parto e a fragilidade da criança, sua mãe, a cigana Dinara, fez uma promessa de que Luma jamais se casaria, permanecendo virgem e pura, se ela conseguisse ter uma boa saúde. Ela cresceu se tornando uma bela jovem. Como muitos, ela desejava se casar, e não demorou muito para a vida lhe apresentar Raul. O amor, que já estava destinado, se acendeu quando eles se conheceram; fizeram com que o pai dele procurasse a família de Luma, para conversar sobre o relacionamento dos dois. Porem a visita trouxe uma grande decepção, pois descobriram da promessa de Dinara.

Raul contou o que ficou sabendo e declarando o seu amor pela cigana, o que fez Luma fugir com ele, e se amar. No dia seguinte, a cigana acorda ardendo em febre, com um aspecto bem doentio. Raul tentando salvar a amada, procura um medico, que ao examina – lá descobre uma infecção que comprometia sua vida.

Raul sem saber o que fazer, mas louco de amor, ajoelha e implora a Deus a cura da amada e o perdão, explicando que tudo o que fizeram foi por amor. Nesse mesmo instante um milagre acontece, Luma o chama do leito, perguntando o que havia acontecido, mostrando-se saudável. Raul narra a ela o ocorrido. Alguns tempos depois, Luma ao levantar-se do leito, toca em uma rosa murcha, que estava em sua cama, e imediatamente a rosa torna-se como que se acabasse de ser colhida. E assim surgiu a cigana Curandeira que após aquele dia curava todos que a procurassem e que a divindade permitisse.

Hoje sempre protege os amores verdadeiros, e trabalha com curas.

Bela a historia, né? Foi em um de meus trabalhos de cura no astral que conversei pela primeira vez com ela, trajava um belo vestido que não sei bem como explicar sua cor, pois nunca vi nesse plano, era uma mistura de azul com verde, com brilho, usava um xale de crochê cheio de moedas douradas em volta. Com uma aparência bem jovem, cabelos loiros, e uma maneira muito delicada de ser. Perguntei se ela só sabia fazer cura, e recebi uma lição que levarei para sempre em minha vida. Posto abaixo a mensagem que recebi.



“Ser curandeiro é muito mais que fazer apenas uma simples cura, como muitos imaginam. Para ser um verdadeiro curandeiro, é preciso saber curar dores físicas, feridas do coração, chagas aberta na alma, é preciso curar a necessidade de aprendizado e espiritualidade dos enfermos, é preciso saber qual é a raiz principal do problema da pessoa, muitas das doenças que aparecem no doente, são apenas mal que são como folhas que cresceram de um plano para o outro, quando se arrancam as folhas não demora muito elas brotam novamente, e é por isso que é preciso saber locar a raiz para eliminar verdadeiro mal. Ser curandeiro também é saber conviver em total harmonia com a natureza, saber retirar dela somente o necessário, evitando estragos, que cura alguma possa resolver. Ser curandeiro é saber que você nasceu para curar uma única coisa “o Todo”, e zelar por esse todo para que ele sempre se mantenha em total equilíbrio assim como a força divina o criou.Não sou “só” curandeira, sou Curandeira”



*FEITIÇO PARA CURAR UM CORAÇÃO PARTIDO!

Quando se perde um grande amor, as marcas ficam por muito tempo. Lembre-se que nada é para sempre e que seu amor não é só de uma pessoa. Outras pessoas têm vez na sua vida!



Velas: Azul e Rosa.
Acende-las, e dizer:

” Os laços do passado, agora desatam.
Meu coração se remenda e cresce mais forte.
Que se realize como meu pesar e dor.
Meu coração está livre para amar de novo.”


E deixe as velas queimarem…





*Um simples encantamento para a cura
Amarre nove nós num pedaço de barbante vermelho e use ao redor do pescoço para auxiliar na cura de males e doenças. Especialmente eficaz com dores de cabeça.









Nenhum comentário:

Postar um comentário