quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Cigano Juan



Por Fernando Coelho e Sandrini.


 Mais um feriado chegando, e hoje nossos lobonaltas vão se deleitar com uma materia que foi feita em especial para o nosso lobo José Victor, que pediu para falarmos do cigano Juan. José, deu trabalho para fazer isso, pois este cigano tem muitas versões, e tive de consultar uns camaradas aqui. Para ficar mais fácil, vou explicar o que me explicaram. Existem varias caravanas ciganas no plano astral, algumas usam nome de um determinado cigano, e um cigano dessa caravana pode usar o nome do cigano que leva na sua caravana, por isso existe varias historias de cigano Juan por ai, mas todos estão ligados entre si e vão possuir os mesmos talentos mágicos. Abaixo, escrevemos uma das versões sobre ele:
 De origem hispânica, o Cigano Juan se apresenta vaidoso, sempre preocupado com suas vestimentas. Seus acessórios mais comuns são chapéu aveludado, colete bordado, anéis com pedras e cordões dourados no pescoço. Quando chega em Terra pede vinho em copo de alumínio e uma faixa para usar na cintura; não exige cor, diz gostar de todas, do colorido cigano, como se as matrizes tivessem sido criadas por seus ancestrais. É simpático, porém mantém semblante sério na hora de dar consultas. Gosta de falar de sua vida quando encarnado e conta longas histórias a quem tiver vontade de ouvi-lo. Fala do encanto das mulheres ciganas, orgulha-se das festas e das noitadas que um dia teve, lembrando das constantes viagens que fazia. Também não esquece das dificuldades que tinha com seus familiares e amigos para armar acampamentos, erguer as tendas e invadir terras para todo o grupo descansar, mesmo que por pequenas temporadas como era de costume. A irradiação de Juan é voltada para justiça, para o conhecimento e para a evolução espiritual.
   Este Cigano faz com que as pessoas racionalizem, e aconselha que não ajam por impulso. Mostra que todo ser humano tem em si um ponto de equilíbrio, e que, por meio desta moderação, a sabedoria não tarda a aflorar. Usa dados para predizer o futuro, no entanto sente satisfação em auxiliar àqueles que o procuram com pensamentos e vocações dispersas, pois logo cuida de trazê-los à realidade em orientação. É grande incentivador dos estudos e do trabalho, ainda que árduos. O Cigano Juan prega a fé e a lealdade, instrui que ambas são alicerces para o crescimento interior. Faz magia para o amor, posto desejar a todos a mesma felicidade que teve no campo afetivo em sua passagem terrena. Improvisa seus encantamentos em lugares arborizados e chama sua companheira espiritual para ajudá-lo. Juan conta que, quando o amor tem raízes, não há obstáculos que ele e sua cigana não se sensibilizem com a causa e queiram intervir. Quando o problema é relacionado às finanças, ele desconversa alegremente, dissipando sua seriedade, diz que o dinheiro é consequência do esforço através do suor e do intelecto. As oferendas que agradam Juan são feitas com flores do campo e velas amarelas, que devem colocadas em lugar tranqüilo dentro de casa, no campo ou em praia deserta. No entanto, solicita uma vela rosa em oferta a seu inseparável par.









    Achamos essa mensagem e compartilhamos com vocês:

"É bom que vocês se recordem e nunca se esqueçam que todo o destino, todo o nosso futuro, está na palma da mão. A cada manhã, peçamos a Deus que nasça, brilhe e viva em nosso coração e em nossa vida e que Ele desperte em nós a segurança em nossas próprias mãos para construir nosso futuro, nosso destino. Cada amanhecer é um dia de aprender. Às vezes, no caminho, faz muito sol, faz muita chuva, ou nos falta algo, mas nunca regressamos. Vamos seguir para frente, na confiança em Deus e na busca de nossa felicidade.
Uma alma feliz é uma alma livre; uma alma livre tem o coração livre. Quando buscamos a felicidade, temos que encontrar primeiramente o amor no coração: Amor por nossa tenda, por nossa família, por nosso trabalho, pelas pessoas que estão perto de nós. Somente o amor incondicional é capaz de libertar a alma.
Tenham fé em Deus e fé na força que temos para seguir o nosso caminho. Com muita paz e alegria de coração, perdoar, compreender, e ajudar são as coisas imprescindíveis na estrada da vida.
Que Bel-Carrano, Santa Sara Kali e a força viva de Deus lhes protejam e abram os caminhos de suas vidas.
Estou feliz e feliz está todo o meu povo pelo dia consagrado a nós. Tenham a certeza que o carinho é recíproco."
Da tenda cigana, dos ciganos de Andaluz, os gitanos Calón
Cigano Juan


Esperamos que tenham gostado, até a próxima quarta-feira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário