terça-feira, 20 de dezembro de 2011

CASO DO YORKSHIRE FICA CADA VEZ MAIS BIZARRO!

Por Eddie Van Feu

O caso da enfermeira que espancou até a morte um cachorrinho Yorkshire ganhou repercussão internacional, e fica cada vez mais bizarro. Em entrevista à protetora Sheila Moura, ativista em defesa dos animais e presidente da ONG Fala Bicho, Vera, a responsável pelas denúncias contra Camila, a enfermeira do diabo, conta que teve que se mudar às pressas porque seu salão de beleza foi invadido pela dona do prédio (nome não informado). A mulher quebrou várias coisas e agrediu Vera, o marido e a filha, que fez exame de corpo de delito apresentando hematomas. A mulher, totalmente descontrolada disse que Vera invadiu a privacidade de Camila e que “elas deveriam ter deixado o cachorro morrer do jeito que a Camila quisesse”. Vera também contou os detalhes do caso. Sua filha já tinha brigado com a enfermeira e Vera já tinha falado com o marido de Camila, que disse que o cachorro estava dando muito trabalho e que elas estavam "invadindo sua privacidade". Vera chamou a polícia e, quando esta foi lá, o cãozinho ainda estava vivo. Enquanto uma policial descia para falar com os outros, Camila desceu às escondidas por dentro do prédio com o cachorro e o enforcou (deve ter ficado com medo que ele abrisse o bico e testemunhasse contra ela). Apesar do flagrante, foi feito apenas um boletim de ocorrência. E agora temos essa notícia. Além de uma família de psicopatas (porque sabemos que esse tipo de comportamento indica claros sintomas de psicopatia), temos também uma proprietária cúmplice, provavelmente tão psicopata quanto eles. O nome dela ainda não foi divulgado. Esse prédio deve ser alguma filial do inferno...

Vera durante entrevista dada ao programa Domingo Espetacular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário