domingo, 3 de abril de 2011

SUA CASA É ASSOMBRADA?

por Eddie Van Feu
É muito interessante a lógica do cético. Quando perguntamos se um cético acredita em casa mal assombrada, ele dirá que não. Mas se perguntarmos se ele moraria nela, ele também dirá que não. Ninguém quer morar numa casa mal assombrada! Mas e numa casa bem assombrada? E numa casa habitada? E o que faz com que uma casa receba esse nome? O fato é que toda casa pode estar vulnerável à influências externas, sejam boas ou ruins. Algumas casas, no entanto, parecem atrair com mais facilidade energias negativas. Dentre essas energias, consideramos também espíritos de baixa vibração que podem entrar, sentar e começar a conviver com as pessoas da casa, roubando sua energia e, por vezes, atrapalhando quando se sentirem aviltados ou contrariados. Se a situação persistir por muito tempo (anos, décadas...), a casa se torna virtualmente assombrada. Mas é preciso muito tempo e desleixo para que uma casa chegue nesse ponto.

Na maioria das vezes, é possível limpar uma casa desse tipo de presença com certa facilidade. É preciso também pensar na manutenção, pois a tendência do padrão é se repetir. Por isso, devemos trabalhar também na mudança vibracional da casa e na sua proteção. Você vai aprender tudo isso e um pouco mais no curso Casa Mágica, nos próximos dias 09 e 10 de abril, no Faces da Lua em São Paulo. Não se esqueça de confirmar sua presença pelo telefone: (11) 2306-1751.

Nenhum comentário:

Postar um comentário