segunda-feira, 4 de abril de 2011

MENINA NÃO ENTRA!


por Renato Rodrigues
Hoje foi um dia feliz. Por apenas R$ 3,10 eu pude comprar com o jornaleiro do bairro uma nova revista da Luluzinha!!! Antes eu só comprava na pilha de revistas antigas da Gibimania ou relia as velhas edições que guardo num saco plástico há quase 30 anos.

Eu estou aborrecendo você com essa ladainha pra avisar que a Lulu Clássica já está nas bancas em grande estilo, com histórias praticamente inéditas – já que a editora Dark Horse Comics vai relançá-las nos EUA somente a partir de maio, em nova coletânea, avisa o editor da Pixel, Daniel Stycer.

Como já detalhamos aqui na página, Luluzinha aprontou nas editoras O Cruzeiro, (de 1955 a 1973) e Abril (1974 a 1995). Como a  produção de novas histórias parou nos EUA em 1984, restou a Abril republicar material e criar histórias em seu estúdio nacional.

A número #1 é bem fininha, poderiam ter começado com um almanaque para a gente poder guardar na estante. Eu sei que a DEVIR já lançou isso em livros, mas são em P&B, e Luluzinha TEM QUE SER COLORIDO, caramba! Este número de estréia traz um pouquinho de tudo: Tem o Bolinha bancando o detetive (o indefectível Aranha), meninos vs meninas (elas sempre ganham), Meméia e Alcéia e a uma nova colorização feita aqui. Acompanha num saco plástico uma revista maior apresentada pela Lulu Jovem para "explicar" aos aborrecentes de hoje quem é a Lulu. E precisa? Com tristeza, eu concordo que sim...

Mas quem deve comprar mesmo essa revistinha sou eu e os demais colecionadores trintões, que Deus nos tenha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário