sábado, 25 de abril de 2015

Cigano Bóris


Por Fernando Coelho e Sandrini

Como foi passar  semana com a cigana Miroan? Aposto que foi suave e com o sentimento bem forte, acertei? Por hoje vamos falar de um cigano ancião, com um nome vampiresco. Já ouviu falar em Bóris? Ainda não? Não seu preocupe, nos do Alcateia iremos o apresentar a você, vamos lá?
 Bóris é um cigano de cabelos grisalhos, com bigode e barba cerrada, moreno e de olhos verdes. Usa calça azul-marinho e blusa branca, não dispensa seu colete de veludo vermelho e seu chapéu branco.
  Desencarnou ancião, ele era o conselheiro do seu grupo, foi praticamente um “Kaku” (mago ou sábio em língua cigana), que acabou seu dia sozinho nesse planeta.
  Sua bebida predileta é o vinho tinto, que é um dos seus instrumentos de magia.

  Hoje vamos brindar a sua presença e sua alegria contagiante, que a partir de agora sempre acompanhara todos os lobos. A magia de hoje é mais simples do que imagina, basta acender uma vela da cor que sentir vontade (menos preta ou marrom), coloque uma musica cigana, se não tiver vai no “you tube” procure uma musica e deixa o som do computador ligado. Coloque uma taça de vinho tinto ao lado da vela, faça uma oração a corrente cigana, chame por Bóris e diga:
  “Que este gole seja o remédio para solucionar meus problemas e que, ao se misturar com meu sangue, me purifique e leve ao meu cérebro a calma e a paz para meu dia-a-dia”
  Depois da vela se apagar tome um gole do vinho, o restante pode derramar aos pés de uma arvore frondosa. Use esse ritual sempre que achar que sua vida precisa dar uma melhorada.
 Se sentir um aperto no coração não se preocupe é a saudade, então é só esperar até quarta feira, que iremos falar de mais um cigano poderoso.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário